Carol

Eu e o GTD

Desenvolvimento Pessoal, Destaque 7 Comments

Minha história com o GTD começou de verdade há pouco mais de um ano. Eu já sabia da existência do método por acompanhar o blog da Thais, mas até então não tinha tido coragem de implementar o sistema.

GTD

Abreviatura de Getting Things Done, é um método de produtividade criado por David Allen, consultor e coach de produtividade há mais de 30 anos. Trata-se de um método para viver de maneira engajada com a sua vida, buscando coerência, e não apenas para criar “listas de tarefas”. Executar por executar é fácil – será que o que você está executando reflete as suas prioridades?

Thais Godinho – Vida Organizada

No segundo semestre do ano passado a Thais começou uma série de postagens ensinando uma forma de implemenetar o GTD no Evernote, ferramenta que eu já utilizava, e aí eu resolvi que era o que faltava para eu tentar.

Na mesma época foi lançado o livro dela, Vida Organizada – Como definir prioridades e transformar seus sonhos em objetivos, e depois que li tudo fez mais sentido (mesmo o livro não sendo sobre GTD). Eu sou leitora assídua do blog há muitos anos e já conhecia muita coisa do método, por isso não foi tão complicada organizar meu sistema.

No início do ano comprei e li o livro do David Allen, “A arte de fazer acontecer“. Achei muito focado no meio empresarial e, de certa forma, confuso, porém foi bom conhecer “a fonte”. Agora no fim do ano saiu a nova versão (2015) em português. Ainda estou lendo (ou melhor, estudando), mas já gostei dos novos conteúdos e da abordagem simples.

Apesar de dominar bem o Nível Ground, basicamente o gerenciamento de tarefas e compromissos, fui percebendo que não consigo manter os outros níveis (ou Horizontes) funcionando a contento. As pessoas até me consideram organizada e acredito que em certos aspectos de fato sou, mas o que realmente quero é ser uma pessoa mais produtiva. Quero conseguir equilibrar as diferentes esferas da vida, quero “fazer acontecer” mais coisas.

Já até me questionei se não é eu quero fazer coisas demais, mas ainda prefiro acreditar que não. São tantos exemplos de pessoas que fazem tantas e tantas coisas que eu acho que é só questão de método e foco mesmo.

Recentemente fiz um treinamento GTD com a Call Daniel. Conto num próximo post o que achei. 😉

Um dia ainda serei uma GTD Black Belt ! 😛

assinatura

 

 

Related Posts

7 Comments

  • […] contei em outro post minha história com o GTD e que considero ter certo domínio do Nível Ground. Nesse post vou […]

  • Marcio Melo on 29 de novembro de 2015

    Precisando de um método desses pra vida heheh

    • Author
      Carol on 30 de novembro de 2015

      É essa a ideia! 😀

  • Camila on 29 de novembro de 2015

    Eba! Estou doida pra saber como foi seu treinamento!
    Nossa história é muito parecida, mas eu demorei mais pra ter coragem de implementar o GTD pra valer. Ainda acho que meu sistema não está fechado, mas eu chego lá!
    Vc usa só o evernote?
    Bjinhos

    • Author
      Carol on 30 de novembro de 2015

      O post tá quase pronto, Camila!
      Eu uso o Evernote para os Horizontes, nível ground não. Vou fazer uns posts sobre meu sistema inspirada nos seus. 🙂
      Bjocas

  • Isabel on 29 de novembro de 2015

    Depois faz um post com a sua visão de como implementar o GTD no caos… Obrigada minha
    coach!

    • Author
      Carol on 30 de novembro de 2015

      Ok, Bel! 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquise aqui

Você também me encontra no…

Hoje é…

Estou lendo…

Cinema: Último filme visto

Arquivo

Publicidade

%d blogueiros gostam disto: